Logo Image
Versão Feminina

Sexualidade e Incapacitação

Fatores Cognitivo-Afetivos da Saúde Sexual de Pessoas com Incapacidades Físicas em Portugal

Este é um estudo financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (SFRH/BD/112168/2015) e faz parte do projeto de Doutoramento da aluna Raquel Pereira, membro do Grupo de Investigação em Sexualidade Humana (SexLab) do Centro de Psicologia da Universidade do Porto.

 

Objetivos: O objetivo do projeto é estudar o papel de diferentes fatores psicológicos na saúde sexual de pessoas com diferentes tipos de incapacidade física.

 

Para participar: Para participar é necessário ter entre 18 e 50 anos. Deste modo, solicitamos a colaboração de mulheres:

□ Com incapacidade física (e.g. motora - paraplegia, tetraplegia, amputação; neurológica - esclerose múltipla, paralisia cerebral, etc.)

□ Sem incapacidade física

Ser-lhe-á pedido que responda a um inquérito que dura entre 20 a 30 minutos. A sua participação é desde já voluntária, ou seja, tem direito a desistir em qualquer momento sem qualquer tipo de prejuízo. Responda da forma mais sincera possível, e caso não tenha certezas acerca da resposta mais precisa, assinale a que melhor ilustra ou reflete a sua experiência.

Este estudo será desenvolvido em três fases. Isto significa que será contactada novamente dentro de 6 e 12 meses, de forma a poder responder novamente a uma lista de questões mais curta. Ao participar neste estudo, tem ainda a possibilidade de entrar num sorteio de um prémio pela participação. No final deste inquérito, após submeter as suas respostas, clique no link que surge para saber mais informações.

 

Confidencialidade e anonimato: O questionário é anónimo, i.e., nenhum dado pessoal será recolhido e não será guardado o IP. Apenas os investigadores terão acesso aos dados, não sabendo a quem pertencem. No final deste questionário, pedimos que voluntariamente forneça um endereço de email para podermos voltar a contactá-la caso aceite participar nas fases seguintes e inscrever-se num sorteio. O seu endereço de email será armazenado num banco de dados seguro e separado das suas respostas ao inquérito, e os dados serão usados apenas para fins de investigação.

 

Com a sua participação, estará a contribuir para o reconhecimento da sexualidade das pessoas incapacitadas e para melhorar a intervenção na saúde sexual destas pessoas. Divulgaremos os resultados deste estudo através de palestras e grupos de discussão, para as quais fica desde já convidada.

Agradecemos a sua participação e divulgação!

Os investigadores: Raquel Pereira (U. Porto) | Pedro M. Teixeira (U. Minho) | Pedro J. Nobre (U. Porto)

 

Em caso de dúvida, envie as suas questões ou comentários através do seguinte email: up200905066@fpce.up.pt. Caso a participação neste estudo lhe suscite algum tipo de desconforto, poderá utilizar este endereço para solicitar apoio ou encaminhamento profissional (não há nenhuma forma de associar as suas respostas ao email que nos será enviado).



Uma nota sobre privacidade
Este inquérito é anónimo.
O registo das respostas ao inquérito não contém qualquer informação sobre a sua identidade, excepto se alguma pergunta do inquérito solicitar alguma identificação e a fornecer. Se usou um código para aceder a este inquérito este código não será guardado junto com as suas respostas. O código é gerido numa base de dados separada e apenas é utilizado pelo programa para registar que concluíu o inquérito. Não há forma de relacionar os códigos dos convidados a participar no inquérito com as respostas dadas.